Crescimento do mercado imobiliário em 2021

Uma projeção feita pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), estima que as vendas de imóveis devem crescer cerca de 35% em 2021. Em 2020, apesar da crise econômica e sanitária decorrente da pandemia do novo coronavírus, o mercado imobiliário expandiu 26% de acordo com dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

No ano passado foram comercializadas no total 119.911 unidades no ano passado. O presidente da Abrainc, Luiz Antonio França, indica que mesmo que haja um lockdown ou endurecimento maior nos protocolos, os números não devem ser afetados.

O aumento da procura será por apartamentos e casas maiores, principalmente pelo aumento do home office. Condomínios fechados também devem ser mais procurados no ano que vem, por proporcionar mais segurança e mais opções de lazer para crianças.

E quais são as tendências do mercado imobiliário para 2021?

Um novo jeito de escolher imóvel

Com a quarentena, a grande maioria das pessoas precisou ficar mais tempo em casa, até mesmo para trabalhar.

De acordo com um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o home office deverá crescer cerca de 30% após a pandemia. Ou seja, agora as pessoas priorizam que o imóvel tenha um espaço confortável também para o trabalho, com ambientes bem divididos.

Há também uma grande tendência das pessoas procurarem imóveis no interior de capitais, principalmente devido à flexibilidade do home office.

Corretores mais preparados

Não há dúvidas de que um bom atendimento é fundamental na hora de fechar um negócio. E os corretores de imóveis estão cada vez mais preparados com relação à atenção que se dá ao cliente.

Cada vez mais estão investindo em treinamentos para os corretores, pensando sempre que estes precisam dominar as informações sobre os produtos. É uma forma de potencializar as vendas.

Gostou do artigo? Você pode ler muitos outros no blog da Rede Provectum!

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site, personalizar e recomendar conteúdo. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.