Cuidados com os móveis durante a mudança

Depois de escolher o imóvel perfeito, é o momento de colocar a mudança na prática: encaixotar tudo, marcar o carreto para a busca dos móveis maiores… Mas já parou para pensar que durante este bate e volta na hora de buscar os móveis pode acontecer uma surpresa não muito agradável na hora de colocar as coisas no lugar?

Por isso é preciso prestar a atenção em como os objetos são embalados para não aparecerem quebrados ou com algum dano. Pensando nisso, aqui estão algumas dicas preciosas para você não ficar com dor de cabeça na hora de desembalar as caixas.

Hora da mudança! Por onde começar?

Objetos frágeis

Para proteger objetos e móveis que podem vir a quebrar mais facilmente (como vidro e porcelana), você pode enrolar em várias camadas de papel de jornal ou plástico bolha, evitando, assim, que o objeto sofra algum dano. Se você tiver objetos menores, embale-os separadamente em uma caixa de papelão. Caso sobre espaço na caixa, preencha com jornal ou papel para evitar que o objeto fique se deslocando durante a mudança.

Roupas, toalhas e outros

Roupas que amassam com mais facilidade você pode optar em separá-las em malas de viagem, e peças maiores você pode utilizar o cabide para ficar mais fácil de colocar no armário. Quanto à toalhas, edredons, cobertores, você pode utilizar sacolas de tecido, malas e até mesmo caixas para transportá-los.

Eletrodomésticos e eletrônicos

Televisão, micro-ondas, fogão e geladeira precisam de muito cuidado na hora de transportar. A recomendação é que você utilize chapas de isopor com fita adesiva para proteger de impactos. Para reforçar a proteção, você pode (caso tenha disponível) utilizar caixas de papelão para envolvê-los.

Qual é a melhor embalagem?

Para entender qual embalagem é melhor para o transporte de móveis durante a mudança, é preciso levar em conta cada item que você tem e o seu tipo de material: se ele é mais reforçado, mais frágil, se é pequeno ou não. Para isso, existe uma embalagem ideal para cada objeto. Você encontra várias opções, como: isopor, caixas de papelão, plástico bolha, papel ondulado e papel kraft. Há também a possibilidade de usar mantas e cobertores para reforçar a proteção dos seus objetos.

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site, personalizar e recomendar conteúdo. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.