Como deixar o seu estabelecimento seguro contra o coronavírus

Não é novidade pra ninguém que estamos enfrentando tempos atípicos desde Março deste ano. Agora, com a fase amarela, Campinas e região começam a abrir as portas do comércio e, com isso, é preciso prestar atenção a algumas regras para deixar o seu estabelecimento seguro para que a saúde dos funcionários e dos clientes não seja prejudicada.

Você sabe quais são elas? Confira agora algumas recomendações que o Ministério da Saúde, Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgaram para os comerciantes.

Dicas para deixar o seu estabelecimento seguro do coronavírus

O estabelecimentos devem disponibilizar pia para lavagem de mãos para clientes, e funcionários, com sabão líquido, papel toalha e lixeira com pedal – que é ideal para evitar o das mãos com o objeto.

É preciso orientar os funcionários e colaboradores para que respeitem medidas simples que podem minimizar a transmissão de doenças infecciosas, principalmente durante os atendimentos ao público.

Entre as medidas estão: uso de máscara cirúrgica caso esteja com coriza, tosse ou espirros, fixar cartazes sobre o modo correto de lavagem de mãos e intensificar a higiene, evitar contato físico com clientes e colegas de serviço, lavar com água e sabão utensílios do serviço em uso como pegadores, conchas, e similares, a cada 30 minutos, e reforçar a higiene frequente de balcões, caixas, máquinas de cartão, telefones, e áreas de circulação de funcionários e clientes.

No caso de disponibilizar álcool em gel 70%, é necessário fixar orientação de que, para melhor eficiência do resultado, é necessário espalhar o produto em toda a superfície das mãos e friccionar por 20 segundos.

Os comerciantes devem colar cartazes com informação sobre como é possível prevenir o contágio. As instruções devem ser fixadas em locais visíveis aos clientes, como balcões de atendimento, caixas, portas de acesso ao estabelecimento e sanitários.

Você encontra outras dicas relacionadas ao coronavírus no blog da Rede Provectum! Acesse!