Qual é o futuro do mercado imobiliário?

O mercado imobiliário em 2020 estava com grandes perspectivas de crescimento, porém, com a pandemia da Covid-19, o setor sofreu uma pequena queda, fazendo com que corretores e imobiliárias se adaptassem com atendimentos e visitas online. 

Neste ano o setor foi voltando aos poucos, com avanço da tecnologia e da vacina, houve a crescente da continuidade de obras e visitas presenciais nos imóveis. A perspectiva de 2022 é totalmente otimista. 

O que 2022 reserva para o mercado imobiliário?

De acordo com uma pesquisa feita pelo DataZAP+, área de inteligência imobiliária do ZAP+, a utilização de fotos profissionais é um recurso que tem a tendência de ser mantido por 67% dos entrevistados. 

Cerca de 64% dos entrevistados afirmaram que vão seguir ampliando a disponibilidade de mais opções de imóveis nos portais e/ou sites próprios, ressaltando a importância de ter um portfólio digitalizado e de fácil acesso. Já a realização de videochamadas e a assinatura de contratos digitais continuarão a ser usadas segundo 53% dos respondentes.

Ainda sobre a pesquisa, alguns entrevistados notaram que os clientes estão visando buscar imóveis que ofereçam aconchego e que também tenham uma área de lazer completa, visto que, por conta da pandemia, muitos adquiriram a preferência de passar mais tempo em casa. 

Como é possível observar, houve uma ressignificação em todo setor, e, quem não se adaptou ainda pode acabar tendo prejuízo, uma vez que as pessoas estão querendo que o relacionamento entre cliente e imobiliária seja mais prático e menos burocrático.

Gostou de saber quais são as perspectivas para 2022 do mercado imobiliário? Confira outros artigos semelhantes no blog da Rede Provectum!

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site, personalizar e recomendar conteúdo. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.